Estaria o AC/DC gravando um novo álbum de estúdio em Vancouver? O jornalista canadense Steve Newton afirmou em um post no blog do jornal The Georgia Straight, no último dia 1º, que uma de suas “fontes de rock and roll na rua” disse ter tido uma conversa rápida com alguns membros da banda no centro de Vancouver naquele mesmo dia. Um deles teria sido Stevie Young, sobrinho de Angus Young, que assumiu a guitarra no lugar do tio Malcolm Young em 2014, quando ele precisou sair por motivo de saúde. E o outro membro que Newton supostamente conversou era ninguém menos que Phil Rudd, o antigo baterista que foi substituído por Chris Slade em 2015 para a turnê mundial do álbum Rock Or Bust depois que Rudd foi preso por porte de drogas e por ter ameaçado matar um empregado.

O que dá certa veracidade ao post do jornalista é o fato do AC/DC ter gravado seus últimos três álbuns no Vancouver’s Warehouse Studio. E o fato de sua fonte ter conversado com os dois músicos deixa indícios de que a banda pode estar ao menos planejando um novo trabalho, com Rudd de volta às baquetas. Kyle Harcott, vocalista da banda de metal Hexripper, foi outro a twittar (no último dia 3) que tinha acabado de ver Phil Rudd circulando pela cidade com os próprios olhos. Ele acrescentou: “Rudd & o empresário da banda passaram por mim no caminho para o estúdio. Rudd não quis falar comigo e o empresário me fuzilou com o olhar.”

Desde que o AC/DC completou o ciclo da última turnê há quase dois anos, o grupo atravessou uma jornada turbulenta. Após a aposentadoria forçada, Malcolm Young veio a falecer em decorrência da demência que o acometeu. Além das saídas do antigo vocalista Brian Johnson, Rudd e do baixista Cliff Williams, os fãs questionavam se o único membro fundador restante, Angus Young, manteria a banda na ativa ou encerraria as atividades.